ECO-PASSEIO | LINHA DO TUA

Eco-Passeio: Linha do Tua
Data: sábado, 9 de Maio
Hora de Partida: 08h00
Local: Parque de Estacionamento Sr.ª da Graça (Rua Arquitecto Januário Godinho – Referências Biblioteca Municipal de Ovar e Centro de Arte de Ovar)
Aconselhamos o uso de roupa e calçados adequados, protetor solar, água e binóculos.

No seguimento da construção da barragem do Tua envolta de polémica e dada (…) «a oposição dos partidos Bloco de Esquerda e os Verdes, tendo os Verdes feito denúncias à UNESCO alegando pôr em causa a classificação da UNESCO do Douro Vinhateiro como património da humanidade» (…) e pelo facto da (…) «Quercus também ter efetuado denúncias à UNESCO, alegando que o “imenso estaleiro” em que se transformou aquela região classificada do Alto Douro Vinhateiro e que a sua construção representaria um “verdadeiro atentado a um património ambiental e cultural insubstituível”» (…), os Amigos do Cáster acharam por bem organizar um eco passeio que tem como objectivo percorrer zonas do rio Tua que a médio prazo ficarão submersas aquando da operacionalização da barragem Tua. (Texto adaptado Wikipedia)

A linha do Tua é uma infraestrutura ferroviária, cavada nas rochas escarpadas do rio Tua. Construção iniciada no final do Séc. XIX; no seu auge ligou a estação de Tua a Bragança, num total de 144km. Hoje, desativada, resta-nos percorre-la a pé e apreciar a beleza da paisagem que ela nos proporciona ver.

Percurso pedestre: Castanheiro – Foz do Tua
Extensão: cerca de 5 km (percurso pela linha do Tua)
1.ª etapa: Localidade de Castanheiro Norte – estação de Castanheiro; etapa rápida por um percurso inclinado até à estação de Castanheiro (fácil).
2.ª etapa: estação de Castanheiro – Foz do Tua (3Km antes) localidade de Fiolhal; percurso com cerca de 5km que separam a estação de Castanheiro de Fiolhal. Este percurso pela linha passa pela zona dos túneis das Fragas Más, do viaduto, com uma paisagem de rara beleza, onde a linha acompanha o vale estreito e profundo que nesta altura do ano se encontrará verdejante e florido.
Dificuldade: média; os túneis fazem-se bem sem lanterna. Também não há pontes altas, mas depende da sensibilidade. O local mais assustador seria ao quilómetro 1,4 (viaduto das Presas), mas é onde não se pode passar. O maior perigo é o de caminhar sobre a gravilha, que pode maçar os pés ou causar alguma entorse. Atenção que as travessas molhadas tornam-se muito escorregadias. Deve levar-se calçado adequado, com sola de borracha.
O almoço poderá ser feito perto da estação de Tralhariz, ou então no final do percurso pela linha (de acordo com a opção dos participantes).
3.ª etapa: final da linha (3Km antes da Foz) até à localidade de Fiolhal.

Este troço está incluído nos primeiros 16 km da linha que vão ficar submersos após a construção da barragem e por isso maior interesse em percorrer estes quilómetros da linha.

Condições:
O valor da inscrição é fixo, 8 Euros para sócios dos Amigos do Cáster e 10 Euros para não sócios.
O pagamento deve ser efectuado no acto de inscrição, ou seja, anexando o talão de transferência multibanco ao email que expressa interesse em participar. Para a transferência bancária sirva-se do NIB 0010 0000 2505 5800 0015 6 (Associação Juvenil Amigos do Cáster).
Caso ocorra desistência a menos 48 horas do início da actividade o participante deverá assumir a responsabilidade da sua inscrição pagando a sua inscrição na totalidade.
Cada participante trará o seu piquenique/almoço e poderá partilhá-lo com os restantes participantes. O número máximo de participantes será de 25. Para participar deverá enviar para info@amigosdocaster.org, até quinta-feira, 07 de Maio, os seguintes dados, i) nome completo, ii) endereço de correio-e, iii) número de telemóvel, iv) data de nascimento e v) número de bilhete de identidade. Para mais informação, contacte, Carlos Ramos através do telemóvel, 964205415.

Categoria EcoPasseio

One Response to ECO-PASSEIO | LINHA DO TUA

  1. Maio, mês pelo Tua « Plataforma Salvar o Tua